As melhores cidades para abrir um negócio nos EUA
As melhores cidades para abrir um negócio nos EUA

As melhores cidades para abrir um negócio nos EUA

Realizar o “American Dream” é o desejo de todo mundo que vai ganhar a vida nos Estados Unidos. Você sabia que a cidade onde você escolhe morar pode ser fator determinante no sucesso dessa jornada?


Uma pesquisa do site WalletHub estudou cidades por todo os EUA e descobriu quais são as cidades que mais incentivam o surgimento e crescimento de novos negócios. Ao todo foram analisadas 182 cidades, incluindo as 150 mais populosas do país e pelo menos as 2 mais populosas de cada estado e os critérios de avaliação escolhidos foram: os ambientes de negócios, acesso a recursos e custos para manter um negócio.


A primeira surpresa descobrir que estados como Oklahoma, Texas, Dakota do Sul possuem mais incentivos para uma empresa do que lugares como Califórnia e Nova York.


A cidade que ficou em primeiro no ranking e talvez seja onde você queira morar ou pelo menos abrir um negócio no futuro é Oklahoma City, em Oklahoma. Ela somou boas pontuações em todos os pontos avaliados pela pesquisa.


As 10 melhores cidades para abrir um negócio nos EUA são:


1. Oklahoma City, Oklahoma

2. Austin, Texas

3. Sioux Falls, South Dakota

4. Missoula, Montana

5. Durham, North Carolina

6. Bismarck, North Dakota

7. Cheyenne, Wyoming

8. Billings, Montana

9. Charlotte, North Carolina

10. Raleigh, North Carolina


Algumas cidades não estão nesse Top10 do Wallethub, mas merecem destaque também. Lewiston, no Maine, tem a média de escritórios mais baratos e Irvine, na Califórnia, tem a população mais educada.


Agora, não vai pensando que é só olhar para essa lista e fazer as malas! Tem algumas outras coisas que você precisa prestar atenção:


Pesquise bastante a cidade antes de pensar em levar o seu negócio pra lá. Os seus futuros concorrentes são grandes? Fazem promoções agressivas? Ainda tem espaço para um negócio como o seu no bairro ou na cidade? Isso pode fazer mais diferença do que os incentivos e preços de aluguel.


Converse com os donos de lojas pelas redondezas e converse com clientes sobre os hábitos locais. Descubra o que as pessoas andam comprando e do que eles sentem falta.


Outra grande amiga nessa parte de pesquisa é a internet. Você pode aproveitar o Linkedin para conhecer novos fornecedores e parceiros, por exemplo. Também dá pra descobrir tudo sobre a nova cidade ainda conseguir informações que os corretores não costumam passar na hora de vender ou alugar um ponto.


E como anda a sua lista de contatos? Conte com a ajuda deles para divulgar a sua empresa em um ambiente totalmente novo.


Esperamos que essas dicas sirvam para ajudá-lo a expandir o seu negócio nos EUA.

Até a próxima.