Com o Dia das Crianças chegando, entenda melhor como funciona a import
Com o Dia das Crianças chegando, entenda melhor como funciona a importação dos EUA

Com o Dia das Crianças chegando, entenda melhor como funciona a importação dos EUA

Com o Dia das Crianças logo ali, pode ser uma boa hora para você aprender um pouquinho mais sobre como importar produtos dos Estados Unidos. Afinal, embora o dólar ainda esteja em alta, muito brinquedos e produtos que seu filho deseja ainda podem estar valendo mais a pena lá fora.


Então, vamos nessa?


Onde comprar?


Primeiramente, vamos começar com o mais importante: por onde eu devo começar a minha busca?


Bem, a resposta para isso depende do que você está buscando. Produtos mais fáceis de encontrar podem ser encontrados em lojas maiores, como a Amazon. A vantagem delas é a facilidade de encontrar produtos que podem ser enviados para o Brasil.


Por outro lado, produtos mais específicos (como uma roupa da marca X ou uma miniatura da marca Y), talvez só sejam encontrados em lojas menores. Nesse caso, não tem segredo: o jeito é garimpar na internet qual loja comercializa esses produtos online.


Uma boa pedida pode ser buscar grupos ou comunidades em redes sociais que compartilhem interesse neste mesmo tipo de produto que você está buscando. Existem muitos grupos no Facebook, por exemplo, de pessoas que já importam e sabem exatamente em quais lojas comprar.


Encontrei o produto, mas a loja não envia para o Brasil! E agora?


Pode parecer desesperador, mas acredite: o importante mesmo é encontrar o produto! Para casos onde você encontrou o produto, mas ele só é vendido numa loja que não entrega para o Brasil, uma boa opção é apelar para os serviços de redirecionamento de encomendas.


Caso você não saiba, uma redirecionadores de encomendas é uma empresa que fornece tanto um endereço para receber o seu produto nos Estados Unidos, como também uma opção de entrega para o Brasil. Ou seja: ela recebe o produto da loja para você e envia para a sua residência.





Ok, mas e o frete? Qual devo escolher?


Você encontrou o produto e já sabe como enviá-lo para o Brasil. Agora, falta o último passo: escolher o frete!


Assim como em entregas nacionais, a melhor escolha de frete nem sempre se dá pelo valor. Às vezes um é mais barato, mas demora mais. Ou o outro é mais caro, mas tem um melhor serviço de localização.


Nesse caso, tudo vai depender da sua necessidade. Se você quer pagar menos, uma boa pedida pode ser o First Class Mail International, que tende a ser o mais barato, mas é o mais lento também (até 60 dias), além de não oferecer serviço de localização.


Se tiver disposto a pagar um pouquinho mais por uma melhor qualidade, a melhor opção pode ser Priority Mail International. Essa opção custa um pouco a mais, mas entrega seu produto normalmente entre 20 a 40 dias, além de fornecer um bom serviço de localização.


Agora, se você precisa do produto pra ontem, aí não tem jeito: vá de Fedex. Além de um ótimo atendimento e serviço de localização, eles podem entregar seu produto em até 7 dias! Desde que, claro, você esteja disposto a pagar pelo serviço.


A importação ainda pode ser um bom negócio


Agora que você tem essas dicas, já está preparado para se aventurar pelas lojas estadunidenses atrás do presente ideal para o Dia das Crianças. Com o tempo, você verá que, mesmo com o dólar em alta, ainda é possível encontrar boas ofertas nos Estados Unidos. Tudo depende, claro, da sua necessidade.