CambioReal - Novas Regras Do Bc Para Enviar Dinheiro Para O Exterior: Como Isso Te
Novas regras do BC para enviar dinheiro para o exterior: como isso te afeta?

Novas regras do BC para enviar dinheiro para o exterior: como isso te afeta?

As novas regras

O Banco Central enviou para aprovação do Congresso, no início desse mês, um novo conjunto de regras que tem como intuito facilitar a vida de quem precisa enviar dinheiro para fora do país. E isso interessa a todos nós, pois pode resultar em grandes e positivas mudanças para quem precisa realizar esse tipo de remessas!

A legislação vigente hoje é de 1920, e favorece principalmente grandes instituições bancárias. De lá para cá, muita coisa mudou e soluções tecnológicas, como as que a CambioReal oferece, já foram uma grande conquista para conseguir fazer transações de forma rápida, segura e pagando menos.

Mas o que é bom sempre pode ficar melhor. As normas atuais são desatualizadas e causam muitos entraves burocráticos, encarecendo até as remessas de valores mais baixos.

Expectativas

A expectativa do Banco Central, que enviou o texto com em regime de urgência para a casa de legisladores, é que as novas regras sejam colocadas em prática já no ano que vem, isso porque mudanças como essa entram em vigor um ano depois que a lei é aprovada.

As diretrizes vão substituir as mais de 400 normas por apenas 27, e aumentarão a lista de segmentos que podem ter contas no Brasil em dólar, que hoje conta com somente nove instituições que vão desde agências de turismo a embaixadas de delegações estrangeiras.

O BC espera que a remoção destes antigos entraves resulte numa redução significativa do custo para o envio de moeda estrangeira, que pode chegar a até um 25%, tanto para pessoa física quanto empresas. Ou seja, se aprovado, o novo texto vai possibilitar mais praticidade a um menor custo para quem quer, por exemplo, enviar dinheiro para o filho que está estudando fora ou investir em imóveis nos EUA.

Mais vantagens para empreendedores

Profissionais liberais, pequenas e médias empresas terão mais facilidade para fazer negócios no exterior e receber remuneração pelos seus serviços em dólares. Processos que hoje levam até seis semanas, como abrir um cadastro e fazer os registros para receber tais pagamentos, poderá ser feito em menos de 3 horas.

A iniciativa do Banco Central de modernizar e simplificar suas regras para envio de remessas não só reduz custos e aumenta a praticidade, mas também é uma movimentação que ajuda a produtividade da nossa economia!